Teixeirinha, o padeiro corajoso, em: Comissionados, boquinhas e a FIA

Descumprindo a promessa eleitoral de reduzir drasticamente o número de cargos comissionados existentes na administração municipal, o atual Prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior (DEM) vai gastar a 995 mil reais para tentar “driblar” decisão judicial que determina a extinção de cerca de 300 cargos e a imediata exoneração dos seus ocupantes, nomeados pela atual administração.

Avalie isto:

Anúncios

Após critícas ao novo ministro da educação, Delfim Netto vira alvo da fúria “OlavoMintológicaMiliciana”

A publicação de artigo questionando e criticando as manifestações verbais, fundamentos e justificativas das últimas medidas que penalizam as Universidades e Institutos Federais, anunciadas pelo “economista” e novo Ministro da Educassão, nomeado pelo Capitão Zero Zero, o Reformado, o ex-ministro da Agricultura, Planejamento e Fazenda de Governos durante o período da Ditadura Militar, Antonio Delfim Netto foi instantaneamente alçado pelas milícias digitais “OlavoMintológicas” à condição de novo inimigo público número um.

Marv@da C@rne*

Avalie isto:

Mudança da demarcação de terras indígenas para o Ministério da Agricultura é inconstitucional, diz MPF

A Constituição de 1988 garantiu aos índios o reconhecimento de sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições. Também assegurou legitimidade das atividades produtivas indígenas, reservando-lhes o direito à preservação dos recursos ambientais necessários ao seu bem-estar e às suas atividades. O MPF acredita que esse direito não será respeitado, pois haverá um conflito de interesses.

Avalie isto:

De Moro para Ilano Szabó: Desculpe o auê…

O ex-Juiz e ex paladino da Justissa, Ministro Sergio Moro acaba de sofrer uma nova derrota e acrescentar mais uma mancha a sua já questionável biografia. Depois de ser “obrigado” a fatiar seu pacote anticrime, para atender as “mais que razoáveis” ponderações da bandidagem parlamentar, foi agora “convencido” a recuar na sua decisão de nomear Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária.

Marv@da C@rne

Avalie isto:

Federalismo de curral

O que houve com o país do futuro que este “futuro” nunca chega? Seguramente, esta é uma das perguntas que mais assola o imaginário dos brasileiro, principalmente daqueles que, como eu, nascido durante o “Milagre Brasileiro”, vislumbra, ao chegar a idade produtiva, situação bem mais difícil de vida, com desemprego em alta.

por Victor Neiva

Avalie isto:

“O maior genocídio da história da humanidade: Povos originários das Américas, mais de 70 milhões de vítimas”

O livro “O maior genocídio da história da humanidade — povos originários das Américas, mais de 70 milhões de vítimas” é resultado de quatro anos de pesquisa dos sociólogos Marcelo Grondin e Moema Viezzer. Estudos indicam que mais de 70 milhões de indígenas foram mortos durante a invasão europeia das Américas.

Avalie isto:

A funerária Moro

O aspecto circense de um presidente cujo gesto fundamental são os dedos simulando uma arma apontada se junta ao semblante duro de um ministro da Justiça que, depois de prender políticos desafetos, agora se volta contra as classes que atrapalham o paraíso distópico de condomínio fechado e muros eletrificados que alguns gostariam de impor ao país.

por Vladimir Safatle

Avalie isto:

Deputada Federal bolsonarista e olaviana protocola nova versão do Projeto Escola Sem Partido

Golpista de primeira hora. Aplicada combatente da mamadeira de piroca. Dedicada seguidora do Napoleão de hospício Olavo de Carvalho e uma das mais ativas difusoras das fake news bolsonarianas.

Esta é a procuradora aposentada Beatriz Kicis Torrents de Sordi, a Bia Kicis, de 58 anos, eleita Deputada Federal pelo Distrito Federal e autora do PL nº 246/19, uma nova e ainda mais radical versão do furibundo Projeto Escola Sem Partido que sob pressão de educadores e do STF foi arquivado no fim do ano passado pela comissão que analisava a proposta na Câmara dos Deputados.

via Carta Capital

Avalie isto:

A burrice no poder

Escrito para próxima publicação do Projeto Novos Paradigmas, o título “A burrice no poder” pode parecer um pouco provocador, mas pense um pouco: a desigualdade está explodindo no mundo, e as propostas vão no sentido de austeridade não dos que esbanjam, mas dos que mal sobrevivem. O planeta está sendo destruído e o que se vislumbra não é consumo mais inteligente e sim expansão do consumismo irresponsável. A violência se espraia, e a solução seria disseminar mais armas. O homo demens transforma a burrice em bandeira. Uma visão construtiva é fácil de identificar: é só fazer o contrário. Divirta-se.

Ladislau Dowbor

Avalie isto:

O B@ú do Pyment@s reproduz conferência do jornalista Luiz Cláudio Cunha na ANDIFES, instituição que reúne 63 reitores de universidades, realizada neste dia 18/XII, em Brasília, em seminário para celebrar os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos:

Universidade: a última trincheira contra a estupidez da Era Bolsonaro
Luiz Cláudio Cunha*

Avalie isto:

Sociedade Civil reage e lança “Manual Contra a Censura nas Escolas”

Numa demonstração de que a aprovação do Projeto de Lei que fundamenta, legaliza e torna impositivo a adoção dos princípios e normas defendidos pelos integrantes do Movimento “Escola Sem Partido”, não será pacífica, cerca de 60 entidades representativas do setor educacional e de defesa dos direitos humanos, lançaram hoje (28), em São Paulo, o “Manual Contra a Censura nas Escolas”.

João Baptista Pimentel Neto

Avalie isto:

Facebook reintroduz a censura no Brasil

A censura voltou ao Brasil. E a herança maldita foi reintroduzida por uma empresa estadunidense pontocom, o Facebook. O mundo virtual não é diferente do real, sabemos. Por isso, os que sobreviveram à ditadura brasileira lembram-se bem da sensação horrível de quando uma pessoa desaparecia, inesperadamente. “Onde está fulano/a?” E a resposta: “Fulano/a caiu”.

Elizabeth Lorenzotti

Avalie isto: